Caso de sucesso: Fibria

A ABGI auxiliou a Fibria na recuperação de 54% dos investimentos em P&D da Lei do Bem. O projeto esclareceu aspectos da Lei do Bem e capacitou profissionais

Fibria 1
  • fibria -
  • incentivos fiscais à inovação tecnológica -
  • Lei do bem

Publicado em 16/10/2017

A Fibria ocupa posto de maior produtora mundial de celulose branqueada de eucalipto. Atualmente, a unidade Aracruz (antiga Aracruz Celulose) – que em 2009 foi incorporada à Votorantim Celulose e Papel (VCP) para a criação da Fibria – tem capacidade anual de produção de 2,3 milhões de toneladas do produto, além de ser autossuficiente em energia elétrica.

Para se manter como líder de mercado, a empresa possui um Centro de Tecnologia próprio, que lhe garante alta produtividade dos plantios e ganhos de qualidade no produto final. Em parceria conosco, a Fibria conseguiu recuperar 54% de seus gastos com Pesquisa e Desenvolvimento. Esse retorno se deu pela utilização dos incentivos fiscais da Lei do Bem, por meio de uma metodologia desenvolvida pela nossa equipe da ABGI.

Uma das dificuldades enfrentadas pela empresa era a insegurança no uso dos incentivos, causada pela falta de clareza de algumas regras e conceitos da legislação. Nossa atuação foi exatamente no sentido de mitigar essas dúvidas. Desenvolvemos o trabalho a partir do mapeamento e classificação dos projetos de P&D da Fibria sob a ótica da Lei do Bem, garantindo o correto uso dos incentivos. Realizamos, ainda, a capacitação de profissionais da empresa para a utilização contínua dos incentivos.

“O resultado foi além do que esperávamos. Sabemos que ainda temos muito o que fazer internamente, mas o resultado obtido foi fantástico.”

Glaisy Domingues, gerente tributária da Fibria
(depoimento concedido em 2007)

Compartilhe:


Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato