Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Panorama internacional dos programas de incentivo a P&D

Como os principais países do mundo incentivam a inovação?

Compartilhe:


Diversos países possuem mecanismos de apoio a P&D como estratégia de desenvolvimento econômico e variam muito de acordo com a conjuntura de cada país.

A ABGI já publicou algumas análises e comparativos dos mecanismos de incentivos fiscal de vários países e agora apresentamos um e-book elaborado pela equipe francesa do ABGI Group.

O e-book ‘Tour du Monde’ foi baseado no estudo feito em 2016 pela OCDE em 45 países, incluindo 29 países membros da OCDE, 22 países europeus e 4 países constituintes de outras grandes economias. O estudo traz uma visão resumida das características quantitativas e qualitativas dos programas de incentivos fiscais para P&D onde foi comparado, sendo alguns pontos abordados:

  • Intensidade dos incentivos de apoio a P&D
  • Âmbito das atividades elegíveis
  • Âmbito das despesas elegíveis
  • Natureza dos incentivos fiscais
  • Uso dos incentivos fiscais
  • Limitação do apoio
  • Alterações recentes dos programas

Clique para acessar e-book ‘Tour du Monde’!

Este conteúdo foi apresentado pela Christimara Garcia, CEO da ABGI Brasil, na reunião do Comitê de Fomento da ANPEI, realizada no dia 03 de maio.

Em breve, lançaremos a versão em português do Tour du Monde, um mapa interativo do ABGI Group, que também apresenta as principais políticas de incentivos fiscais. Clique aqui para acessar o um mapa interativo Tour du Monde, em Francês.

A ABGI Brasil dedica-se a entender o ambiente internacional de inovação e pode apoiar a sua empresa na análise das políticas mais aderentes à sua estratégia, perfil de projetos de inovação e investimentos. Entre em contato para conversar com um de nossos especialistas sobre a expansão do seu negócio.


Comentários

Um comentário em “Panorama internacional dos programas de incentivo a P&D”

  1. Adorei a estrutura infográfica das informações para fins de tomada de decisão. Gostaria de conhecer os meios para que possamos atrair investimentos, bem como parcerias externas para internacionalização de Incubadoras de Produção de Conhecimento para Projetos.
    Atenciosamente
    Prof Harrysson Luiz da Silva – Pós Doutor em Ergonomia Cognitiva e Presidente do Conselho Científico do Instituto de Geração deTecnologias do Conhecimento – Kw.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato