Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Destaques de Inovação – Isenções Tributárias para Inovação: uma Agenda Central para a Reforma Tributária

Sugestões de melhoria das políticas de incentivos fiscais à P&D no Brasil.

Compartilhe:


O CNI trouxe uma nova publicação com sugestões de melhoria das políticas de incentivos fiscais à P&D no Brasil, Destaques de inovação apresenta discussão sobre os incentivos fiscais brasileiros à inovação. O estudo analisa o cenário de incentivos fiscais à inovação no país, e propõe algumas adequações a fim de ampliar seu uso e sua efetividade na concretização dos projetos.

O material também traz, uma comparação com outras nações, o que nos mostra que, quando bem executados, esses estímulos apresentam baixo risco. Além disso, são adequados ao planejamento financeiro e à tomada de decisão das empresas sobre atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

No Brasil possuímos um grande instrumento, a Lei do Bem, que têm impulsionado a pesquisa empresarial e podem ser mais bem aproveitados se ajustados à dinâmica do nosso mercado.

O estudo buscou analisas o cenário de incentivos fiscais à inovação no país, e propor adequações que possa ampliar o uso e a efetividade na concretização de projetos.

 

No Brasil

Segundo o material publicado, o Brasil possui uma estrutura tributária desconexa e caótica, como a estrutura tributária que desfavorece o ambiente de inovação, a carga tributária bruta alta, deterioração do ajuste fiscal.

O documento ainda cita, a tendência de uniformizar as práticas tributárias, entre os países da OCDE, com a criação de um IVA simplificado, com base ampla e pleno aproveitamento de créditos, eficiente e de alto poder arrecadatório, para facilitar a coordenação tributária. Outra tendência é o modelo dual de tributação da renda, que pretende integrar a tributação da renda da pessoa jurídica e da pessoa física e tratar com isonomia as várias fontes de renda, preservando a progressividade na tributação dos rendimentos do trabalho e do retorno excedente da poupança.

Segundo a CNI, vários pontos devem ser considerados no desenho e na melhoria das políticas de incentivos fiscais à P&D, veja o material completo: http://www.portaldaindustria.com.br/publicacoes/2018/6/destaques-de-inovacao-isencoes-tributarias-para-inovacao-uma-agenda-central-para-reforma-tributaria/

 

Programa do MCTIC vai destinar R$ 2 milhões para inovação nas micro e pequenas empresas


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato