Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Consulta pública Política Nacional de Inovação visa estimular o ecossistema

Contribua também para a criação da nova política até o dia 18 de dezembro de 2019

Compartilhe:


O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou a consulta pública para a Política Nacional de Inovação (PNI), que tem como objetivo orientar o planejamento das iniciativas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) no país, com vistas a produzir os efeitos desejados no desenvolvimento econômico e social, fomentando o conhecimento e transformando-o em riqueza, a fim de melhorar a qualidade de vida dos cidadãos brasileiros. A ideia é recolher subsídios dos principais atores envolvidos na geração de serviços e produtos inovadores no país.

Para o MCTIC é importante que a PNI reflita um horizonte de dez anos, período de 2020 a 2030. Para expressar melhor o atual cenário e construir uma política que visa transformar conhecimento em riqueza e a melhoria da qualidade de vida por meio da inovação, foram organizadas reuniões de grupos de trabalho que envolveram atores governamentais, representantes de empresas e startups; agentes financeiros; universidades e instituições de Ciência e Tecnologia (ICT); secretarias estaduais, municipais e Fundações de Amparo à Pesquisa (FAP).

Os grupos de trabalho buscaram engajar os atores do ecossistema de inovação no processo de elaboração e implementação da PNI. A ABGI participou desta construção através da nossa CEO, Maria Carolina Rocha, que em uma das oficinas, palestrou sobre o tema “Os tributos e a inovação”.

Desafios Nacionais

Alguns desafios já levantamos do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação são: Níveis de inovação relativamente baixos; Dificuldades de coordenação entre as instituições; Limitações de financiamento para inovação; Baixa capacidade de planejamento para a formação de recursos humanos; Baixa capacidade de transformar insumos de inovação em produtos; Os resultados da inovação não contam com o amparo de uma institucionalidade adequada para reduzir as incertezas inerentes aos processos inovadores.

As contribuições deverão ser realizadas diretamente no documento eletrônico disponível no site do MCTIC, e poderão ser preenchidas ou revisadas no período de 08 de novembro até o dia 18 de dezembro de 2019.

Mais informações e contribuições pelo site: https://ibrasil.mctic.gov.br/consulta

Fonte: MCTIC


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato