Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Ecossistema de inovação da China

Além de um forte programa de inovação, o país também conta com o investimento privado em PD&I

Compartilhe:


O mundo está vivenciando mudanças consideráveis na produção de novas tecnologias, que geralmente estavam concentradas em países como EUA, Canadá, União Europeia e Japão. Porém este cenário está mudando rápido. Países como a China, Índia e Tailândia têm se destacado no âmbito mundial em inovações, com realizações significativas em investimentos e de políticas voltadas para a ciência e tecnologia.

A China sempre foi conhecida por exportar roupas, brinquedos, isqueiros e “bugigangas” etc., ou sejam, produtos de baixo valor agregado, devido a sua grande escala de produção e o custo de mão-de-obra barata. Porém, atualmente a China exporta em média US $ 2,41 trilhões, lideradas por equipamentos de transmissão, que representam 9,6% das exportações totais, seguido pelas Unidades de Disco Digital, que respondem por 6,08%, de acordo com o site The Observatory of Economic Complexity.

Dentre os motivos da mudança do cenário é o forte investimento em Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação pelo governo Chinês e pelas empresas privadas. Para apoiar a economia, há três programas de incentivos fiscais criadas pelo governo chinês com foco em fomentar ainda mais a inovação no país, são eles:

  • Technologically Advanced Service Companies (TASC): Tem como objetivo prospectar investimentos em pesquisas e desenvolvimento para crescimento econômico do país, estimulando o investimento das empresas em inovação, buscando ampliar os investimentos nos setores considerados estratégicos, além de incentivar empresas com tecnologia avançada e pessoal qualificado.
  • High-New Technology Enterprise (HNTE): Estimula as atividades de pesquisa e desenvolvimento de inovação tecnológica, visando a ampliação os investimentos nos setores considerados estratégicos (Informação eletrônica, Biológica e médica; Aviação e espaço; Novos materiais; Serviços de alta tecnologia; Novas fontes de energia e conservação; Recursos e meio ambiente e Manufatura avançada e automação).
  • Super Dedução: Busca impulsionar o crescimento de empresas pelo estímulo às atividades de pesquisa e desenvolvimento de inovação tecnológica, através de forte incentivo à inovação em pequenas, médias e grandes empresas tecnológicas. Sempre estimulando as atividades de criação de novos produtos ou processos de fabricação, assim gerando ganhos de qualidade e produtividade, resultando em maior competitividade das empresas no mercado.

São mecanismos diferentes em relação a dinâmica dos incentivos brasileiros. Para entender um pouco mais do ecossistema de inovação da China baixe agora o nosso e-book.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato