Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Quais os caminhos para a utilização do fomento pelas empresas?

Ebook apresenta método para decidir qual o melhor instrumento, trazendo boas práticas na gestão destas oportunidades

Compartilhe:


Em tempos de crise, o termo “inovação” se torna cada vez mais necessário. Todas as empresas sabem que “fazer mais com menos”, “alcançar novos mercados” ou mesmo “mudar o modo de fazer” não é tão simples como parece.

Para se alcançar o sucesso na inovação é preciso saber os reais gaps internos da empresa, estudar diversas rotas tecnológicas e seus efeitos, testar, pilotar, prototipar, implementar e mensurar o retorno! Ainda assim, projetos de inovação costumam ser associados a diversos riscos durante sua execução, o que pode impactar diretamente no resultado esperado.

Pensar que a inovação é uma responsabilidade apenas da empresa, acaba limitando seu sucesso. Geralmente, a inovação radical exige das empresas muito tempo de execução, infraestrutura mínima, além do alto investimento em pessoas, parceiros e materiais.

Para contornar estes pontos, é possível desenvolver a inovação de forma aberta, criando parcerias com universidades, instituições de pesquisa, startups, fornecedores, clientes ou mesmo com concorrentes. Esta prática permite que a empresa agregue novos conhecimentos, diferentes abordagens tecnológicas e diversos equipamentos, fatores que podem reduzir ainda mais a incerteza técnica dos projetos.

Recursos para inovação

Outra possibilidade para alcançar o resultado esperado é tratar a inovação como um investimento, e não como custo. Desta forma, a empresa entende que a origem do recurso para financiar sua inovação também não precisa ser unicamente de sua responsabilidade. É possível compartilhar este investimento com agentes públicos e privados que tem interesse em alcançar o resultado daquela pesquisa, mitigando mais uma vez as incertezas do projeto.

Atualmente, existem três categorias de apoio destes órgãos aos projetos de inovação, conforme o Mapa de Fomento criado pela ABGI: apoio financeiro direto, apoio financeiro indireto e outras formas de apoio.

Mapa de Fomento à Inovação 2

Como decidir qual instrumento utilizar?

A resposta deste questionamento pode variar conforme as variáveis do projeto, programa ou negócio a ser desenvolvido. O ebook “Captação de recursos: Gerir e maximizar as oportunidades de fomento” tem como objetivo abordar estas variáveis, auxiliando as empresas a tomar a melhor decisão, trazendo boas práticas na gestão destas oportunidades, buscando assim, a maximização destes recursos.

Adotar uma estratégia de captação dos recursos financeiros para a inovação, pode ser um grande diferencial no mercado, uma vez que garante um orçamento exclusivo para a inovação. Algo muito importante para quem quer inovar em meio a crise.

Cada vez mais as empresas têm buscado internalizar esta estratégia, trazendo maior agilidade ao processo de captação e desenvolvendo um relacionamento mais próximo com tais órgãos.

Para isto, a ABGI desenvolveu uma nova metodologia de “Gestão Estratégica dos Recursos à Inovação” que busca diagnosticar como a empresa está posicionada no ecossistema de recursos financeiros para inovação, visando adaptar o processo de captação de recursos existente.

Por fim, a ABGI desenvolveu diversas ferramentas que buscam automatizar esta estratégia de captação de recursos de acordo com o portfolio de projetos da empresa, garantindo maior velocidade na tomada de decisão de qual instrumento utilizar.

Acesse o e-book completo.


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato