Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Impactos da inovação: Inovação Radical x Inovação Incremental

Características para diferenciação das inovações radicais e incrementais

Impactos da inovação: Inovação Radical x Inovação Incremental 1
  • Inovação

Publicado em 22/03/2018

Compartilhe:


No post “Inovação de Produto x Inovação de Processo”, mostramos os conceitos de inovação tecnológica que pode ser representada pela criação de novos produtos ou processos ou pela melhoria incremental dos mesmos.

É importante compreender também a classificação do impacto que a inovação de produto ou processo pode representar para o mercado, ou seja: Inovação Radical (que apresenta mudanças drásticas para o produto ou processo, transformando os mercados) e Inovação Incremental (que representa melhorias nos produtos ou processos já existentes, mas que não impacta na forma como esses são consumidos ou nos modelos de negócio). As duas classificações serão melhor detalhadas a seguir.

Inovação Radical

A inovação radical é representada por um produto ou processo que apresenta mudanças drásticas nas características de desempenho ou custo, criam novos mercados ou transformam os mercados existentes.

De acordo com Leifer (2012), a caracterização da inovação radical é definida pelas incertezas que o produto ou processo possam incorrer. São elas:

  • Incertezas técnicas: referem-se a questões acerca da validade do conhecimento científico dos bons resultados da tecnologia empregada, das especificações técnicas do produto e de questões relativas ao ramp-up (evolução do produto).
  • Incertezas mercadológicas: abrangem aspectos relacionados às necessidades e desejos do consumidor e também estratégias de venda e distribuição.
  • Incertezas organizacionais: referem-se à competência da equipe responsável pelo projeto, ao recrutamento das pessoas certas, a como se relacionar com o restante da organização, a como lidar com inconstâncias no apoio administrativo, superar as orientações voltadas a resultados de curto prazo por parte das unidades operacionais e sua resistência a produtos que possam comprometer as linhas de produtos já existentes, além de interesses nos modelos de negócios existentes.
  • Incertezas de recursos: compreendem a descoberta do capital e as competências necessárias à realização do projeto, a disponibilização dos recursos, além daqueles obtidos por meio do processo normal de elaboração do orçamento da empresa, a identificação dos parceiros e administração dessas parcerias de forma eficaz.

Sendo assim, as inovações radicais transformam o relacionamento entre consumidores e fornecedores, reestruturam aspectos econômicos do mercado, desestabilizam produtos existentes e dão origem a categorias de produtos completamente novas. Elas proporcionam o motor para o crescimento em longo prazo que os líderes empresariais procuram para o crescimento a longo prazo.

Inovação Incremental

A inovação incremental reflete as melhorias em produtos ou em linhas de produtos. Geralmente, representa avanços nos benefícios percebidos pelo consumidor e não modifica de forma expressiva a forma como o produto é consumido ou o modelo de negócio, mas traz um impacto mensurável nos negócios.

As inovações incrementais estão associadas à redução de custos e melhorias dos produtos e serviços existentes. Uma inovação incremental gera a otimização do negócio existente e promove o reforço das competências já desenvolvidas.

As pessoas frequentemente confundem inovação incremental com melhoria contínua e processos relacionados a esse tema. Para que uma inovação seja caracterizada como tal, é necessário, além do esforço tecnológico, que seja causado um impacto significativo na estrutura de preços, na participação de mercado, na receita da empresa, etc.

As melhorias contínuas normalmente não são capazes de criar vantagens competitivas de médio e longo prazo, mas de manter a competitividade dos produtos em termos de custo.

No quadro abaixo você encontra algumas características para diferenciação das inovações radicais e incrementais.

Características das inovações radicais e incrementais

CaracterísticasInovação IncrementalInovação Radical
Tempo dos projetosCurtos períodos – seis meses a dois anos.Longos períodos – usualmente dez anos ou mais.
TrajetóriaHá um caminho linear e contínuo do conceito à comercialização, seguindo passos determinados.O caminho é marcado por múltiplas descontinuidades que devem ser integradas. O processo é esporádico com muitas paradas e recomeços, postergações e retornos. As mudanças de trajetórias ocorrem em resposta a eventos imprevisíveis, descobertas etc.
Geração de ideias e reconhecimento de oportunidadesOcorrem na linha de frente e eventos críticos podem ser antecipados.Ocorrem de forma esporádica ao longo do ciclo de vida, frequentemente em resposta às descontinuidades (recursos, pessoas, técnicos, marketing) na trajetória do projeto.
ProcessosProcesso formal aprovado caminha da geração de ideias através do desenvolvimento e comercialização.Há um processo formal para obtenção e administração de recursos, os quais são tratados pelos participantes como um jogo, frequentemente com desdenho. As incertezas são enormes para tornar o processo relevante. O processo formal passa a ter seu valor somente quando o projeto entra nos últimos estágios de desenvolvimento.
ParticipantesAtribuído a um grupo de diversas áreas, cada membro tem definida sua responsabilidade dentro de sua área de conhecimento.Os participantes vão e vem ao longo dos estágios iniciais do projeto. Muitos são parte de um grupo informal que cresce em torno de um projeto de inovação radical. Os participantes principais tendem a ser indivíduos de várias competências.
EstruturasorganizacionaisTipicamente um grupo de áreas diversas trabalhando dentro de uma unidade de negócios.O projeto frequentemente inicia-se na área de inovação, migra para um processo de incubação na organização e se move para ser o projeto central ou objetivo da empresa.

Fonte: FONTANINI e CARVALHO, 2005.

Vale notar que o conceito de inovação foi apresentado pela primeira vez no século XVIII, mas desde então vem se aprimorando e aproximando cada vez mais da realidade das empresas.

Para empresas interessadas na utilização de incentivos fiscais para PD&I, como os da Lei do Bem e de programas de fomento, como subvenção econômica e financiamento, é primordial que se entenda qual o conceito de inovação utilizado por cada agente, para que se tome uma melhor decisão sobre o caminho a seguir.

Normalmente, os órgãos de fomento se baseiam nos manuais de referência em inovação, como Manual de Frascati e Manual de Oslo, para classificar os projetos, sendo que pode haver variações do conceito de inovação nos editais dos programas. Por exemplo, alguns programas de financiamento ou subvenção são voltados apenas para inovação tecnológica radical. Outros, além dessas, também consideram a inovação incremental, podendo incluir ainda aquelas relacionadas a marketing e métodos organizacionais. Nesses casos as condições de financiamento mais vantajosas ou os recursos não reembolsáveis normalmente são destinados para as inovações mais disruptivas.

Leia também: O que é inovação?


Comentários

Um comentário em “Impactos da inovação: Inovação Radical x Inovação Incremental”

  1. Gabriel disse:

    Muito bom artigo. Consegui compreender melhor sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato