Estamos preparando um novo site, enquanto isso, leia mais sobre a nova marca.

Você conhece como o blockchain funciona?

É uma tecnologia recente e muito revolucionária.

Compartilhe:


Você conhece como o blockchain funciona? 1

É uma tecnologia recente, tão revolucionária quanto a chegada da Internet, mas ainda pouco conhecida. Esta tecnologia é susceptível de mexer com o mundo nos próximos anos, especialmente dos bancos.

O blockchain é uma tecnologia complexa que alguns matemáticos tentaram simplificar, como descreveu o matemático Jean-Paul Delahaye, é preciso imaginar “um caderno muito grande, que todos possam ler livremente, possam escrever, mas que é impossível de apagar, indestrutível, anônimo e infalsificável. “

A grosso modo, é uma tecnologia para armazenar e transmitir informações que são transparentes, seguras e operam sem um órgão central de controle.

Como isso funciona?

A operação do blockchain é baseada no agrupamento das transações feitas entre os usuários do bloco. Cada bloco é validado pelos nós da rede, os “menores”, de acordo com as técnicas que dependem do tipo de blockchain. Sua operação também é baseada em um livro-razão (ledger) digital e distribuído, cujos usos podem ser múltiplos. O sistema criptográfico do protocolo baseia-se na descentralização da evidência, que estabelece uma cadeia de confiança baseada na distribuição e compartilhamento de informações e limitada ao uso de autenticação.

Existem blockchains públicos, que são abertos a todos, e blockchains privados, cujo acesso e uso são limitados a um determinado número de atores. Qualquer blockchain público funciona necessariamente com uma moeda ou um token programável, como o Bitcoin, por exemplo. 

O potencial do blockchain

O caráter descentralizado do blockchain, aliado à sua segurança e transparência, promete aplicações muito mais amplas do que o domínio monetário, incluindo:

  • Pedidos de transferência de ativos (uso monetário, mas não apenas: títulos, votos, ações, etc).
  • Bloqueio de aplicativos como um registro: garante uma melhor rastreabilidade de produtos e ativos.
  • Os  contratos inteligentes: programas independentes que executam automaticamente os termos e condições de um contrato, sem a necessidade de intervenção humana, uma vez iniciado.

Assim, blockchains poderiam substituir a maioria dos “terceiros confiáveis” centralizadores (operações bancárias, cartórios, registros de terras, etc.) por sistemas de computador distribuídos.

Algumas operações bancárias, por exemplo, não podem ser realizadas por um único funcionário, especialmente quando envolve grandes valores de dinheiro. Com o blockchain, podemos codificar todas essas regras de procedimento para validar automaticamente as operações.

No caso dos dois gigantes da TI, Microsoft  e  IBM, é a forma do serviço de BaaS – Blockchain-as-a-Service – que descentralizam os bancos de dados na nuvem. Outras empresas de tecnologia como a  Samsung  estão mais interessadas em blockchain no contexto da Internet das Coisas (IoT), a fim de criar dispositivos inteligentes capazes de realizar trocas de valores por blockchain.

Naturalmente, essas promessas não são isentas de desafios e limitações, sejam elas econômicas, legais, de governança ou ecológicas. 

E quanto aos riscos? Podemos confiar em código?

 Confiar em um código pode às vezes ser caro!  A Organização Autônoma Descentralizada (ODAO) é uma prova disso.

‘TheDAO’ é um pedaço de código ou contrato inteligente executado no blockchain Ethereum. Algumas semanas após o lançamento, o TheDAO foi invadido. O hacker explorou um bug no código, extraindo 3,6 milhões de éteres (US$ 50 milhões) no momento do ataque.

No sistema financeiro tradicional, os intermediários financeiros têm o poder de cancelar unilateralmente transações ilegítimas. Em uma rede blockchain, quando uma transação é feita, ela não pode (teoricamente) ser cancelada a posterirormente, a menos que todos ativos na rede concordem com o contrário.

A questão é, portanto: as organizações sociais podem ser dirigidas única e exclusivamente por código?

Autor: ABGI França


Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ir para o topo

Contato

Tem alguma dúvida? Estamos aqui para ajudar!

Entre em contato